FAUSTO DUARTE

Fausto Castilho Duarte nasceu na Praia em 28 de Outubro de 1902 (de acordo com a sua candidatura ao Liceu Pedro Nunes em Lisboa) ou em 1903 (de acordo com outros biógrafos), e faleceu em 1953. Filho de um mestiço chamado Amália Castilho Barreto e de um negro chamado António Duarte da Graça, ambos cabo-verdianos, casou com Ilda Massano Sereno em 1931. Passou a sua infância na Praia até aos 12 anos de idade, depois dos quais saiu para estudar em Lisboa, mudando de escola secundária pelo caminho. Aos 19 anos de idade, matriculou-se no Instituto Superior de Agronomia para estudar geodésia e topografia. Em 1924, ele completou sua formação com um estágio na Itália e França, depois na Alemanha e retornou a Lisboa em 1927, onde conheceu sua futura esposa. Regressou a Cabo Verde em 1928, depois partiu novamente em Junho de 1931 para Lisboa, para se casar. Em 1932, entrou para a Escola Superior Colonial. Em 1936, tornou-se secretário-geral da Câmara Municipal de Bolama, na Guiné, onde viveu mais de trinta anos. Em 1952, acompanhou o "Ministro do Ultramar" Sarmento Rodrigues a Nova Iorque. Lá ele conheceu diretores e participou do desenvolvimento do roteiro de Chikwenbo! de Carlos Marques, que saiu em agosto de 1953.