OVÍDIO MARTINS

Ovídio Sousa Martins nasceu a 17 de setembro de 1928 no Mindelo e faleceu a 29 de abril de 1999 em Lisboa, aos 70 anos de idade. Filho de Adélia Maria da Conceição Sousa (1896-1980) e de Belarmino Estanislau Pinto Martins (1895-), casou com Maria Joana Rodrigues, de quem teve pelo menos um filho, Luís Carlos. Depois de estudar na Escola Secundária Gil Eanes, iniciou a licenciatura em Direito na Universidade de Lisboa, mas não a concluiu, aparentemente devido a um problema de audição. Ele viveu em Lisboa até 1973. Antifascista e militante convicto, foi perseguido pela PIDE, de modo que se exilou em Amesterdão até à Revolução de 25 de Abril de 1974, altura em que regressou a Cabo Verde. Depois entrou para a função pública, no Ministério da Educação.