Conhecido como "Nho Roque", nasceu no Mindelo a 25 de Setembro de 1901 e morreu na mesma cidade a 30 de Setembro de 1984, atropelado por um carro. Filho de Roque da Silva Gonçales e XXX, depois de frequentar o seminário de São Nicolau, foi para Lisboa em 1917 para estudar medicina. Após dois anos, ele se redirecionou para as Belas Artes, depois para a História e a Filosofia. Ele não voltou a Cabo Verde até 1939. Lá, tornou-se professor de história e filosofia na Escola Secundária Gil Eanes, bem como na Escola Técnica Mindelo. Ao mesmo tempo, ele trabalhava como escritor e crítico. Sua fama lhe valeu uma rua em seu nome no Mindelo, assim como um parque, o Parque Nhô Roque, localizado perto da Avenida Marginal. Além disso, aparece nas notas de 1.000 escudo cabo-verdiano colocadas em circulação em 2007 e 2014, ainda hoje está em circulação, bem como num selo postal. Finalmente, na Praia, foi criado um instituto em seu nome: o Instituto António Aurélio Gonçalves.

ANTÓNIO AURÉLIO GONÇALVES