MESQUITELA LIMA

Nasceu a 10 de Janeiro de 1929 no Mindelo e morreu a 14 de Janeiro de 2007 em Lisboa, com 78 anos. Filho de Alina da Costa Mesquitela, conhecida como Zinha, e de Serafim Lima, é também sobrinho de Bernardo Mequitela, governador de Cabo Verde em 1913. Estudou na Escola Secundária Gil Eanes, em Mindelo, depois do que se tornou oficial da alfândega em 1949. Três anos depois, migrou para Angola, onde se tornou chefe do "posto da Inspecção dos Serviços administrativos e negócios indígenas". Em 1959 foi para Portugal onde estudou no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Ultramarina. Após a graduação, regressou a Angola onde dirigiu o Museu de Angola, em Luanda. Fundou também o Museu do Dundo na Lunda Norte, a leste de Luanda, especializado no estudo dos grupos étnicos da região, incluindo a etnia Kyaka. Em 1974, regressou a Portugal e leccionou na Universidade Nova de Lisboa como professor de antropologia cultural. Em 1977, obteve seu doutorado na Universidade de Paris X - Nanterre e colaborou com Claude Lévi-Strauss. e Roger Bastide. No ano seguinte, criou o Departamento de Antropologia da Universidade Nova, bem como o Instituto de Estudos Africanos, em 1988. Ele morreu de pneumonia em 2017.