PEDRO MONTEIRO CARDOSONasceu em São Filipe, na ilha do Fogo, a 13 de Setembro de 1883 e morreu a 31 de Agosto de 1942 na Praia, aos 59 anos de idade. Filho de Ana Teodora Monteiro Barbosa e Manuel Benício Cardoso, casou, em data desconhecida, com Maria Gonçalves Ribeiro, e teve pelo menos duas filhas: Teodora e Idalina. Ele estudou no Seminário-Liceu de São Nicolau. Mais tarde tornou-se funcionário da alfândega, depois professor do ensino primário e secundário, antes de se voltar para o jornalismo e a escrita, por vezes sob o pseudónimo Afro.