LUÍS LOFF DE VASCONCELOS

Filho único de Engrácia Maria Loff e Pedro Ricardo Sabino Lucas de Vasconcelos, um casal português - cabo-verdiano, nasceu a 5 de Janeiro de 1861 na ilha de Maio e morreu no Mindelo a 19 de Março de 1923 de tuberculose. Passou a sua adolescência na ilha de Santiago, depois foi nomeado administrador da ilha de Maio, antes de se tornar presidente da Câmara da Praia, após o que permaneceu na ilha da Brava, que definiu como a sua "pátria adoptiva" e onde foi nomeado juiz-adjunto em 1895. Passou o resto de sua vida na ilha de São Vicente, onde chegou em 1897 e exerceu a profissão de advogado. Ele também viveu na França, em Paris, onde obteve o diploma de Direito pela Sorbonne em 1912. Em 1887, em São João Baptista, na ilha de Brava, casou-se com Cristina Augusta Vieira, nascida em 1855 e viúva de José de Medina Gomes Barbosa. Da união deles nasceu um filho chamado Pedro. Luís Loff de Vasconcelos foi um dos jornalistas mais influentes e dinâmicos da época, assim como um escritor. Como muitos estudiosos cabo-verdianos, ele tocou em tudo, desde direito, meteorologia, comércio, ensino (como professor de francês e contabilidade comercial).