A Sociedade Cabo-verdiana de Autores (SOCA), a Academia Cabo-verdiana de Letras (ACL) e a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago (CMRGS) assinalam o Dia Mundial da Poesia com uma arruada poética e musical pelas ruas da Cidade Velha.

A semelhança dos anos anteriores, segundo o presidente da SOCA, Daniel Spínola, a Sociedade não quis deixar a data passar em branco.

“É um momento importante e a SOCA, como uma organização vocacionada e ligada aos autores e artistas, fazemos questão de todos os anos realizar esta celebração”, afirmou.

A actividade inicia-se às 17:00 com a plantação de árvores, seguida de uma arruada poética.

Em colaboração com a Academia Cabo-verdiana de Letras e a Associação de Escritores Cabo-verdianos, vai depois ser apresentada a revista Novas Letras, em homenagem ao escritor Teobaldo Virgínio, residente nos Estados Unidos.

As actividades culminam com uma projecção de vídeo.

Para assinalar o Dia Mundial da Poesia, a Biblioteca Nacional, na Cidade da Praia, promove também hoje uma feira de livro com descontos de 20 por cento em obras de autores cabo-verdianos e estrangeiros.

dia da poesia